Competição de ilustrações

2017 XIV BIENAL DO CONCURSO INTERNACIONAL DE HUMOR GRÁFICO DE BARAKALDO SOBRE NOVAS TECNOLOGIAS, PRÉMIOS HERMES

BASES 2017 XIV BIENAL DO CONCURSO INTERNACIONAL DE HUMOR GRÁFICO DE BARAKALDO SOBRE NOVAS TECNOLOGIAS, PRÉMIOS HERMES

 

PRIMEIRA - Aprovar a convocatória pública do XIV Concurso Internacional de Humor Gráfico sobre novas tecnologias – Prémio Hermes de Barakaldo 2015, convocatória esta regulada pelas disposições da Norma reguladora dos Concursos Culturais de Barakaldo, publicada no Boletim Oficial de Biscaia, de 12 de Fevereiro de 2010.

 

SEGUNDA - O limite orçamental é de quatro mil e quinhentos euros (4.500 €) e o número orçamental é o 00700 33000 4810300, para fazer frente às obrigações derivadas dos prêmios para conceder, em conformidade com o que está estabelecido no art.º 7 da Norma, os prémios serão os seguintes: 1º prémio – 1500 €, 2º prémio – 1000 €, 3º prémio – 800 €, 4º prémio – 700 € e 5º prémio – 500 €.

 

TERCEIRA - A regulação jurídica através da qual se autoriza a realização do concurso convocado é a seguinte:

1. OBJECTO Os ilustradores enviarão uma obra de humor gráfico relativa às novas tecnologias e com um impacto na vida quotidiana (INTERNET, BIOLOGIA, ESPAÇO, TELECOMUNICAÇÕES, MEDICINA, ATIVIDADES DESPORTIVAS, AVANÇOS TECNOLÓGICOS, MUNDO LABORAL, ETC..) que permita aos cidadãos refletirem sobre os novos âmbitos do progresso científico. Também poderão ser bandas desenhadas que demonstrem atitudes geradas pela organização ou participação nas redes sociais e avanços da Web 2.0.

2. CONCORRENTES Poderão participar todas as pessoas que desejem, sem limite de idade. Cada Participante poderá apresentar no máximo três obras. Não se aceitam trabalho de autores que venceram o primeiro premio Hermes desde a edição anterior até á presente edição (2015).

3. MODO E FORMATO As apresentações e as personagens deverão ser de criação própria e inéditas. Os trabalhos poderão ser realizados a preto e branco ou com outras cores. Las obras tendrán una extensión de un Din-A4 (210mm x 297mm), pudiendo ser tanto en formato horizontal como vertical. Tendrá una resolución no inferior a 300 dpi.

4. IDIOMAS Os trabalhos podem ser realizados em castelhano ou basco. Admitem-se trabalhos sem palavras por parte dos artistas de outros âmbitos linguísticos e geográficos.

5. APRESENTAÇÃO Os participantes que se registaram na página online do concurso e inserirão más tarde as suas obras em formato JPG.

6. LOCAL E DATA-LIMITE DE APRESENTAÇÃO Os trabalhos deverão ser enviados exclusivamente através desta página online ate dia 14 de outubro de 2017.

7. EXPOSIÇÃO VIRTUAL E FÍSICAS A apresentação de trabalhos vai incluir a autorização para a cidade de Barakaldo do uso de imagens para efeitos puramente expositiva e possíveis eventos ou escrever sobre as caricaturas. A exposição dos trabalhos não concederá direitos pecuniários aos autores das ilustrações. Os trabalhos premiados, assim como outros selecionados, ficaram exposto no Museu Virtual, espaço que a Câmara Municipal disponibilizou na sua página online como forma de expressão das diferentes temáticas sobre as que os concorrentes foram demonstrando com criatividade e humor. A publicação das obras que não espera nenhum direitos pecuniários aos autores de obras de arte.

8. PRÉMIOS A concessão do prémio Hermes de Barakaldo é de, no máximo, 4500 euros e envolve cinco prémios: 1º prémio: 1500 euros. 2º prémio: 1000 euros. 3º prémio: 800 euros. 4º prémio: 700 euros. 5º prémio: 500 euros. Após a notificação individual e por e-mail da decisão pela qual se concede o prémio, os premiados terão no máximo um trimestre para facultar a informação dos seus dados completos, de modo a ser realizada a transferência do montante. Se após os três meses desde a primeira comunicação, os dados não estiverem completos, entender-se-á que o vencedor do concurso renuncia ao prémio correspondente e eliminar-se-á a ilustração correspondente de qualquer suporte municipal em que esta apareça.

Dados necessarios:

Dados pessoais:

Nome Completo

BI/CC/passaporte

Morada

Código postal

Distrito

Telefone/telemóvel

Correio electrónico

Dados Bancários:

Código Swift BIB

IBAN

Documento bancário comprovativo que prove que os dados anteriores pertençam ao premiado

9. AVALIAÇÃO Qualquer um dos prémios poderá ser anulado se nenhum dos trabalhos reunir os requisitos mínimos de qualidade exigidos.

10. CRITÉRIOS DE SELECÇÃO Os prémios serão concedidos conforme os seguintes critérios: a - Qualidade e relevância artística da obra: 50 pontos. b - Adequação do tema do Concurso à linguagem humorística inerente do mesmo: 30 pontos. c - Impacto social e cultural da imagem em comparação com a temática apresentada sobre as novas tecnologias e a sua implicação na vida quotidiana: 20 pontos.

11. OUTRAS DETERMINAÇÕES A participação no concurso implica a aceitação das disposições do presente Decreto.

 

QUARTA - Os prémios serão concedidos de acordo com o regime de concorrência competitiva, através da comparação dos trabalhos apresentados, do estabelecimento de uma classificação entre eles conforme os critérios apresentados e da atribuição conforme as quantias correspondentes ao limite fixado na convocatória, dentro do crédito disponível.

 

QUINTA - Para a análise e avaliação dos trabalhos apresentados um Júri ou Júri, composto por DNA. Nerea Cantero Gurtubay, Conselheiro Delegado de Cultura, Educação, Euskera, Juventude e Prevenção da Toxicodependência, ou que na época segurando que o escritório seja estabelecida. quem será o status do presidente; DNA. Amaia DNA Ballesteros. Judit Allende, D Juan García Cerrada, como pessoas de renome no mundo da ilustração e humor gráfico e D. Juan Manuel de Los Santos Aranaz, Área Técnica da Cultura, que vai intervir como secretário.

 

SEXTA - O prazo máximo para tomar e notificar a decisão do procedimento de concessão dos prémios será de dois meses, a contar da datalimite da apresentação dos pedidos.

 

SÉPTIMA - Os interessados serão notificados de acordo com as disposições previstas no artigo 58 da Lei 30/1992, de 26 de Novembro, do Regime Jurídico das Administrações Públicas e do Procedimento Administrativo Comum.

 

OITAVA - É possível interpor um Recurso Opcional de Reposição contra a resolução, que põe termo à via administrativa, perante o presidente da Câmara Municipal, no prazo de um mês a contar do dia seguinte ao da notificação da mesma, ou diretamente através de um Recurso Contencioso-Administrativo, perante o Tribunal Contencioso-Administrativo, em virtude da distribuição de competências prevista nos artigos 8 e 10 da Lei 29/1998, de 13 de Julho, reguladora da Jurisdição Contenciosa-Administrativa, no prazo de 2 meses a contar do dia seguinte ao da recepção da notificação.

Redes Sociais

Esta página usa cookies para obter dados estatísticos da navegação dos seus utilizadores. Se continuares a navegar consideramos que aceitas o seu uso. Mais informações Aceita